LINFEDEMA, EDEMA E CÂNCER DE MAMA: OUTUBRO ROSA

Home   /   Blog

Linfedema, edema e câncer de mama: outubro rosa

Linfedema, edema e câncer de mama: outubro rosa

              O câncer de mama é uma realidade mundial que envolve todos os níveis socioeconômicos. É um dos principais tipos de câncer na mulher trazendo uma serie de expectativa quanto a sua confirmação e os procedimentos preventivos e terapêuticos. A ocorrência familiar aumenta o stress dessas famílias levando a busca de alternativas preventivas. Um dos exemplos da mídia mundial é o caso da atriz Angelina Jolie que optou em fazer uma mastectomia bilateral como fator preventivo pela história familiar.

                 O mês de outubro conhecido como outubro rosa tem com um dos principais objetivos a conscientização desse problema. Enfatiza nesse mês a atenção para que todas as mulheres reflitam sobre a sua saúde e a importância da prevenção do câncer de mama e os alertas quanto ao edema e linfedema pós operatorio.

                 Para prevenção as dicas da sociedade médica é sempre para as mulheres evitar a obesidade, através de dieta equilibrada e prática regular de exercícios físicos, é uma recomendação básica para prevenir o câncer de mama, já que o excesso de peso aumenta o risco de desenvolver a doença, evitar a ingestão de álcool excessivamente, manterem de rotina os exames preventivos como a mamografia, visitas periódicas ao seu médico, o autoexame ajuda muito na detecção precoce de qualquer alteração.

                  Quando confirmado precocemente o câncer de mama  maiores são as chances de sucesso no tratamento, atualmente existe um grande avanço nas terapias e cura.  O tratamento varia de acordo com o tipo e estágio do tumor. Assim, a definição terapêutica é determinada caso a caso.

           É fundamental o preparo pré-operatório e o pós-operatório, a orientação sobre a importância dos movimentos com o braço operado, iniciar precocemente com movimentos leves, tentar iniciar iniciando realizar os movimentos iniciais na higiene pessoal, alimentação, isso ajudara muito manter o trofismo da musculatura. Caminhar mais precoce possível é fundamental. Posteriormente a quimioterapia a radioterapia, orientar sobre as intercorrências, como por exemplo, a presença de edema, você deverá procurar o médico especialista para saber interferir diretamente na causa e uma equipe para avaliar a possibilidade do desenvolvimento do linfedema.

                 O linfedema é um tipo especifico de edema e uma condição clínica decorrente de um bloqueio do sistema linfático, no processo cirúrgico foi

necessário retirada de linfonodos e uma ligadura desses vasos, ocorrendo um bloqueio na drenagem, tornando esse sistema hipertensivo, o que pode levar a um edema do braço, do tórax, da mama. Assim é necessário um tratamento especializado, com avaliações de cada caso, técnicas específicas para cada caso, é bastante serio esse assunto e deve ser tratado com muito cuidado pelas mulheres que passaram pelo tratamento de câncer de mama e também pelos profissionais envolvidos.

             Assim hoje no mês de outubro-rosa se alerta tanto para prevenção do câncer de mama, como para uma intercorrência que são os edemas e o linfedema e que não pode ser negligenciado porque ele existe e deve ser tratado corretamente, evitando mais um sofrimento.